Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

MRE pede aos EUA liberação de documentos da CIA sobre a ditadura

Registros da CIA revelam novos fatos sobre a participação do Estado

Repórter Brasil

No AR em 14/05/2018 - 09:30

O Ministério das Relações Exteriores vai pedir ao governo dos Estados Unidos a liberação dos documentos produzidos pela Agência Central de Inteligência, CIA, sobre a Ditadura no Brasil.

 A informação da assessoria do Itamaraty é que a embaixada brasileira em Washington já recebeu do ministro Aloysio Nunes as instruções pra pedir a liberação completa dos registros sobre o período da Ditadura Militar.

Esse assunto voltou a tona porque na semana passada a Agência Central de Inteligência Americana, a CIA divulgou documentos que trazem fatos novos e apontam que os generais Ernesto Geisel, presidente do Brasil à época, e João Figueiredo, então diretor do Serviço Nacional de Informações teriam sido notificados da execução de 104 pessoas e teriam concordado com assassinatos sumários de outros "inimigos" da Ditadura Militar no Brasil.

 Esse documento foi assinado pela CIA em 1974, mas a revelação publica só veio na última quarta-feira (9). Na sexta-feira (11), o Instituto Vladimir Herzog pediu ao Itamaraty que solicitasse aos Estados Unidos a liberação dessas informações. Esse pedido foi assinado por Ivo Herzog que é filho do jornalista Vladimir Herzog, assassinado durante a Ditadura. Segundo Ivo, os novos registros da CIA revelam novos fatos sobre a participação do Estado na execução e tortura de opositores aos militares.

Criado em 14/05/2018 - 11:55 Por TV Brasil

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí