Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Celly Campello

Anos dourados: dez anos sem a primeira cantora de rock brasileira

De Lá Pra Cá

No AR em 12/03/2013 - 04:30

Celly Campello e Tony Campello no Cine CasteloNo De Lá Pra Cá desta semana, Ancelmo Gois e Vera Barroso relembram a primeira cantora de rock do Brasil: Celly Campello. E para falar da carreira dessa paulista do interior, que se destacou e fez grande sucesso nos famosos anos dourados, participam do programa a cantora Wanderléia, o jornalista e pesquisador musical Rodrigo Faour, o comunicador da Rádio Nacional Cirilo Reis e o historiador e jornalista Paulo César de Araújo.

Celly Camplelo despontou na segunda metade da década de 1950, período que ficou conhecido, no Brasil, como anos dourados. Foi uma época de muitas mudanças nos hábitos das pessoas. Havia uma sensação de liberdade, misturada a um espírito de rebeldia que, em muitos casos, se traduzia ao som do rock and roll, a música que arrebatara a juventude americana e que estava começando a chegar por aqui. Nascida no interior de São Paulo, ela se destacou e fez enorme sucesso, transnformando-se na primeira cantora de rock do Brasil.

Algumas músicas que Celly cantou, como Estúpido Cupido e Banho de Lua, bateram recordes de vendas na época e são tocadas até hoje nas rádios e nas festas dos adolescentes. Celly Campello, a rainha do rock brasileiro, é o destaque deste De Lá Pra Cá.

Não perca!A foto deste post foi extraída do facebook dedicado à cantora: http://www.facebook.com/pages/CELLY-CAMPELLO/106922386089304




Criado em 26/02/2013 - 12:25 e atualizado em 11/04/2013 - 18:22

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí