Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Sérgio Porto

40 anos de morte do jornalista que utilizava o pseudônimo de Stanislaw

De Lá Pra Cá

No AR em 07/10/2008 - 01:00

O jornalista Sérgio Porto era mais conhecido pelo pseudônimo Stanislaw Ponte PretaO jornalista, escritor e humorista Sérgio Porto, também conhecido como Stanislaw Ponte Preta, era um carioca típico; desses que a gente pode dizer, sem erro: "da gema". Nasceu e viveu até morrer, na rua Leopoldo Miguez, em Copacabana. Boêmio, teve na música, nos livros e nos grandes amigos que soube cultivar, suas maiores paixões. Era de fato, um homem simpático, de grande inteligência e com uma perspicácia sem igual.

Irônico, desenvolveu um humor ferino - desses que não perdoam o absurdo de certas situações; implacável com a demagogia dos poderosos e com a desfaçatez dos sínicos. Sua sagacidade conquistou admiradores - eram  pessoas  inconformadas com a hipocrisia da sociedade - , mas também lhe custou inimizades. Afinal, nem todos têm bom o humor necessário para saber conviver com a irreverência.

Sérgio Porto, ou melhor Stanislaw Ponte Preta, encontrava a matéria prima à sua crítica demolidora nas chamadas coisas sérias do dia-a-dia.  Fazia humor sem caricaturar o assunto. A exemplo de Bernard Shaw, que quando queria fazer graça dizia a verdade, Sérgio Porto também fez graça descobrindo verdades e tendo a coragem de dizê-las.

Sérgio Porto morreu em 1968, há quarenta anos, de um infarto - o último de uma série de vários -, aos 45 anos de idade. Sua morte precoce com certeza fez falta às redações dos jornais que surgiam na época, com o intuito de enfrentar o regime militar e os anos de chumbo que se anunciavam no Brasil.  Participam do programa a filha, Ângela Porto, a biógrafa Cláudia Mesquita, a atriz Maria Pompeu, os cartunistas Lan e Jaguar e o conjunto Quarteto em Cy.




Criado em 10/04/2013 - 08:25 e atualizado em 10/04/2013 - 08:25

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí