Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Isso não é uma aranha!

É um opilião, também da classe dos aracnídeos, e que que tem

Futurando

No AR em 26/10/2014 - 18:30

No Futurando desta semana, você vai ver que o opilião é um bicho injustiçado: ele é encontrado em todos os continentes – menos na Antártida –, não é venenoso, é de fácil adaptação, mas tem a popularidade em baixa. Quase ninguém ouviu falar do opilião! E tem mais: ele é facilmente confundido com uma aranha.

Confundido com aranha, o opilão é inofensivoEsses e outros motivos fizeram a pesquisadora brasileira Rachel Werneck se aprofundar no estudo do opilião. Ela analisa o comportamento sexual desses animais na Alemanha e a equipe do Futurando fez uma visita para entender o tema. Descobriu, por exemplo, que o opilião é o único aracnídeo que tem pênis.

O programa também fala sobre insetos nesta edição. A equipe acompanhou uma pesquisa no Parque Nacional de Gorongosa, em Moçambique, que coleta e classifica novas espécies. Apenas 10% de todas as espécies de insetos do mundo são conhecidas. Pesquisadores e voluntários da região colaboram para aumentar esse número.

Falando em insetos, as abelhas têm uma função importante no ecossistema: polinizar. E agora cientistas descobriram mais uma. Elas viraram "monitoras" da qualidade do ambiente num aeroporto de testes na Alemanha. Além de produzirem mel, elas medem os danos ambientais gerados pelos aviões.

Tecnologia
A equipe do Futurando foi conhecer também um projeto que prevê como doenças podem se espalhar pelo mundo. A iniciativa calcula ainda a probabilidade de um país ser afetado por um vírus como o ebola. Um software desenvolvido por um cientista indica os números, e já está sendo usado por vários países que buscam barrar a entrada do vírus nos aeroportos. Neste mundo digital, o chamado big data também ganha cada vez mais utilidade. Em Aachen, na Alemanha, um software controla o transporte público da cidade e mostra se o ônibus está atrasado, o tempo exato desse atraso e indica o ponto mais próximo. O serviço está ajudando a operadora da cidade a melhorar o itinerário das rotas.

Fechndo a edição, uma matéria muito curiosa. Haßloch, uma cidadezinha de vinte mil habitantes, é objeto de estudo há mais de 30 anos. É porque ela é uma espécie de miniatura da Alemanha e representa os padrões de consumo do país e, por isso, quase todos os produtos são testados lá antes de entrarem no mercado alemão. Não perca!


 




Clique aqui para saber como sintonizar a programação da TV Brasil.

Criado em 28/10/2014 - 11:52 e atualizado em 28/10/2014 - 11:52

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí