Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Convivendo com ansiedade

Episódio investiga este transtorno que afeta cada vez mais brasileiros

Caminhos da Reportagem

No AR em 28/05/2019 - 22:30

O Brasil é o país que tem o maior índice de transtornos de ansiedade do mundo: 9,3% da população sofre com a doença, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) de 2017. Isso representa cerca de 18 milhões de brasileiros. Os transtornos de ansiedade são tema desta edição do Caminhos da Reportagem. 

Ansiedade pode causar sensações físicas como frequência cardíaca elevada, suores, vertigens e transtornos gastrointestinais
Ansiedade pode causar sensações físicas como frequência cardíaca elevada, suores, vertigens e transtornos gastrointestinais - Divulgação/TV Brasil

A ansiedade é um dos fatores de risco à economia global na atualidade. Pela primeira vez, o Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça, colocou em pauta os problemas de saúde mental no encontro realizado este ano. Segundo o fórum, os problemas de saúde mental no mundo custaram US$ 2,5 trilhões devido a reflexos na economia, como queda na produtividade, aposentadoria precoce de trabalhadores e gastos com tratamento. No Brasil, o INSS concedeu mais de 74 mil benefícios por afastamento no trabalho a pessoas com diagnóstico de transtornos de ansiedade nos últimos dois anos.

Por trás de números, histórias de vida. A jornalista Ágatha Gonzaga, por exemplo, conta que começou a ter problema com transtorno de ansiedade na fase adulta, quando já estava trabalhando. “Eu sabia que eu tinha um sofrimento. Mas não sabia explicar. Não sabia identificar como começava, não sabia como parar”, relata. Ela foi diagnosticada com transtorno de ansiedade, começou a fazer tratamento com psiquiatra e acompanhamento terapêutico. 

A jornalista Ágatha Gonzaga convive com transtorno de ansiedade
A jornalista Ágatha Gonzaga convive com transtorno de ansiedade - Divulgação/TV Brasil

O psicanalista Christian Dunker, professor do Instituto Psicologia da USP, explica que há diferentes níveis e graus de transtorno de ansiedade. “A gente tem ansiedades agudas, por exemplo, como o transtorno do pânico, que o Freud chamava de ‘neurose de angústia’. A pessoa, repentinamente, é tomada por um medo, um sentimento de que ela vai ficar louca, de que ela vai perder a consciência. Ela pode ter vertigens, ela pode ter suores, ela pode ter transtornos gastrointestinais e aquilo é muito devastador.”    

A psicóloga Lorena Granzotto, do Conselho Federal de Psicologia, acredita que o fato de o Brasil ter o maior índice de transtornos de ansiedade tem a ver com violência, com pobreza, com desemprego, com estresse nas grandes cidades, com dificuldades dentro de um emprego, entre outros fatores. 

Cerca de 18 milhões de brasileiros convivem com transtornos de ansiedade
Cerca de 18 milhões de brasileiros convivem com transtornos de ansiedade - Divulgação/TV Brasil

Ficha técnica

Reportagem: Flavia Peixoto
Produção: Naitê Almeida
Imagens: Rogerio Verçoza e Sigmar Gonçalves
Auxílio técnico: Alexandre Souza e Dailton Matos
Edição de texto: Flávia Lima
Edição de imagens: André Eustáquio e Jerson Portela
Arte: Pâmela Lopes

Criado em 23/05/2019 - 15:40

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí