Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Cordas Friccionadas

As motivações e desafios da fabricação centenária desses instrumentos

No primeiro episódio da trilogia, Andrea Spada, Jonas Caldas, Orlando da Motta e Túlio Lima contam a trajetória dos luthiers de instrumentos de cordas friccionadas, ou seja, aqueles que são tocados com arcos e fazem parte da família dos violinos.

Em depoimentos exclusivos, os luthiers contam como a prática do ofício teve início, as técnicas adaptadas para os dias de hoje, a importância da escolha da madeira e a relação com os donos dos instrumentos. Revelam também os instrumentos raros que tiveram a missão de reparar, como o violoncelo utilizado por Heitor Villa-Lobos, um dos maiores músicos brasileiros de todos os tempos. Os luthiers falam ainda dos desafios de se trabalhar no Brasil, por causa do difícil acesso à matéria-prima e a instrumentos próprios da luteria.

O documentário conta com a participação de admiráveis músicos, que declaram a importância desses profissionais e os homenageiam com suas interpretações de clássicos. São nomes como as das violinista Carla Rincón, os violoncelistas Lui Coimbra e Hugo Pilger, o contrabaixista Leonardo Uzedae, além do músico Márcio Selles. Eles relatam como se dá a relação entre músico, luthier e instrumento.

Entre as músicas interpretadas exclusivamente no filme para homenagear os luthiers estão Calix Bento (Tavinho Moura), Recitativo do 4º movimento da 9ª Sinfonia de Beethoven e Una Sañosa Porfía (Juan del Encina). 

Confira a pré-estreia do documentário com exclusividade no Youtube da TV Brasil. Inscreva-se no canal!

Cordas Friccionadas é o tema do episódio de estreia de "Luthiers - mãos que soam vida"
Cordas Friccionadas é o tema do episódio de estreia de "Luthiers - mãos que soam vida" - Divulgação/TV Brasil

Criado em 17/07/2019 - 10:20

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí