Nação pernambucana

Um papo com o xilogravurista J. Borges e o som do jovem pianista Vítor Araújo

Almanaque Brasil: Entrevista com o xilogravurista e cordelista pernambucano J. Borges

No Almanaque Brasil de sexta-feira (2), às 20h, Luciana Mello e Robson Nunes apresentam um programa especial sobre a riquíssima nação pernambucana. E não dá para falar em Pernambuco sem falar de forró! Turras, banzés, sensualidade e muita valentia temperam as incríveis histórias reunidas no Coisas Nossas desta semana. Entre os protagonistas, Gonzagão, Jackson do Pandeiro, Zé Dantas e uns cabeludos que "não são cabra safado, não"!

J. Borges é o convidado do Papo-Cabeça. O xilogravurista e cordelista pernambucano fala sobre sua paixão pelo cordel, que vem da infância, e conta como começou a escrever e gravar histórias, sempre com temas colhidos no dia a dia de sua terra. Fala também de sua carreira de xilogravurista, estimulado por Ariano Suassuna, que o declarou "o melhor gravador popular do nordeste", e como a gravura brasileira vem ganhando o mundo.

Almanaque Brasil: O pianista Vitor Araújo

No Cantos do Brasil, o som de Vitor Araújo, o menino-prodígio do piano, que fala sobre sua ainda curta, mas já impressionante carreira musical. O pernambucano, que se diz "do Recife com vontade de chorar", faz suas próprias versões e arranjos de clássicos dos mais variados estilos, de Radiohead a Villa-Lobos.

A história do "escultor de palavras" João Cabral de Melo Neto é relembrada no Ilustres Brasileiros, que homenageia o inesquecível poeta e diplomata pernambucano, autor de Morte e Vida Severina.

No Como é que se faz? a arte minuciosa dos trajes e acessórios do Maracatu Rural, revelada pelo mestre Manuel Salustiano Soares Filho.

Já ouviu falar na Guerra das Lagostas? Confira os ataques e contra-ataques dessa inusitada batalha, travada entre franceses e brasileiros, no quadro Você Sabia? Também vai rolar muita história de pescador no Ciência Doméstica, que traz as técnicas e manhas da pescaria.

Para refrescar a memória do pessoal com "mais de 30", o É do Baú resgata as indefectíveis meias Dancin Days, acessório indispensável para arrasar nas discotecas dos anos 1970.

E para quem acha que faz bonito no quesito "brasilidade", tem o Almanaquias e seus desafios, provando que há sempre algo novo a aprender!

 

Apresentação: Luciana Melo e Robson Nunes

Horário: 20h

Reapresentação: Terça, à 1h30