Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Índios Somos Nós

Documentário foi produzido durante a primeira edição dos Jogos

DOC Especial

No AR em 09/08/2016 - 22:00

Documentário mostra a realidade de alguns povos indígenas“Índios Somos Nós” foi produzido durante a primeira edição dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas, na cidade de Palmas. O filme revela a realidade de alguns povos que vivem no Brasil, a partir da perspectiva dos próprios indígenas; o que mudou nas suas culturas e tradições ao longo dos anos; e como essa população pensa os não-indígenas.

A denominação “índio” surgiu com a chegada dos europeus às Américas, que, por pensarem que haviam aportado nas Índias, acabaram por chamar a região, inicialmente, de Índias Ocidentais. A expressão generalista acabou denominando de forma superficial grupos humanos tão distintos entre si. O título do filme remete o telespectador a um questionamento sobre o uso pejorativo da palavra índio, que muitas vezes faz referência àquilo que é ultrapassado e sem civilidade, passando a ser um contraponto ao que é revelado nas entrevistas que integram o documentário. Mas, afinal, quem é o ”índio”?

Na época da chegada dos colonizadores ao Brasil, estima-se que mais de mil povos já ocupavam as terras que viriam a formar o território brasileiro e como não se sabe de onde essa população veio, ela hoje é classificada como “nativa” ou “originária”. Hoje, esses povos são minoria. De acordo com o Censo 2010 (IBGE), eles somam atualmente 896.917 indivíduos no Brasil, o que corresponde aproximadamente a 0,47% da população total do país.

Mesmo restando tão poucos povos originários espalhados em lugares remotos de um país continental como o Brasil e vivendo tão distantes entre si, os povos indígenas têm em comum o fato de se identificarem com uma coletividade e também de estarem inseridos em uma estrutura social maior com a qual não se identificam integralmente, mas convivem muito bem. E é a partir de conflitos e construções dessas relações que eles lançam seus olhares e dão lições de respeito às outras culturas.

Clique aqui e veja os conteúdos extras do documentário disponíveis no Portal EBC.

 




Reportagem: Fabíola Sinimbu
Produção Executiva: Márcio Garapa
Apoio à Produção: Lidiane Lélis
Imagens: Silvana Neitzke
Imagens Complementares: Danilo Ferreira de Sousa e Jorge Brum
Auxiliar Técnico: Hariston Marreiros
Iluminação: Luiz Izidio
Edição de Imagens, Som e Finalização: Oliver Nunes
Sound Design e Mixagem Final: Geidson Eller
Videografismo: Ronaldo Lúcio
Identidade Visual: Marília Gonçalves
Direção de Conteúdo e Roteiro: Fabíola Sinimbu
Gerência de Produção de TV: Linei Lopes


 

Ultimas

O que vem por aí