Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Indianara Siqueira: a trajetória da ativista e militante trans

Os projetos “Prepara, Nem” e “Casa Nem” são espaços de acolhimento e

Estúdio Móvel

No AR em 25/07/2016 - 23:50

Liliane Reis recebe a trans e ativista Indianara Siqueira

O Estúdio Móvel de hoje é Trans-formação. Liliane Reis conversa com Indianara Siqueira, idealizadora do projeto Prepara, Nem. A proposta é preparar trans e travestis para o ENEM, criando novas opções para as pessoas que sempre estiveram à margem da sociedade.
De acordo com a página do Prepara nem  “Em 2014, apenas 95 travestis, transexuais e transgêneros inscreveram-se para o Enem (...) No entanto, dados do Transrevolução contabilizam 84 assassinatos desse mesmo contingente populacional no mesmo ano.” Foi pensando nessa situação de vulnerabilidade social que nasceu projeto. Instalado na Lapa, Rio de Janeiro, travestis, trans e pessoas que sofrem preconceito social e de gênero são preparadas para fazer o ENEM. Em apenas um ano, o sucesso do Prepara, Nem, mostra como era uma ação necessária. Hoje ele está espalhado pela cidade, o projeto acontece também em Niterói, na Maré, Cidade de Deus, na baixada fluminense e na zona oeste. Os estados de Minas Gerais e do Rio Grande do Sul também se inspiraram no preparatório para o ENEM.

A entrada na universidade inverte a lógica da invisibilidade das pessoas transexuais, isso porque dá uma outra opção para as pessoas, além da prostituição. Entrando nas universidades elas estarão aptas(os) a disputarem o mercado de trabalho como qualquer outra pessoa”, afirma Indianara.

Na conexão, a fotojornalista e cronista da cidade do Rio de Janeiro, Ana Carolina Fernandes. Após conhecer a travesti Luana Muniz, se aproximou do universo trans e se dedicou a tirar fotos sensíveis da realidade dessas moças, num projeto intitulado “Mem de Sá, 100”, casa que abriga travestis também no bairro da Lapa.




Criado em 25/07/2016 - 16:45 e atualizado em 27/07/2016 - 13:53

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí