Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Presidente da CNI, Robson Braga, é o entrevistado do Impressões

Industrial cobra crédito rápido e planos para reabrir a economia

Impressões

No AR em 17/05/2020 - 22:30

O isolamento social para conter o coronavírus provocou um revés inesperado na indústria brasileira que contava com bons resultados em 2010. A situação tem mobilizado o setor na busca de soluções para que, tanto o Governo Federal, quanto estaduais, possam ajudar na sobrevivência dos negócios.

Presidente da CNI destaca propostas da indústria para a economia
Presidente da CNI destaca propostas da indústria para a economia - Divulgação/TV Brasil

Ao programa Impressões, o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade defendeu estratégias para facilitar a disponibilização mais rápida e eficiente de crédito e um planejamento para a retomada das atividades com maior previsibilidade para que a indústria se organize e consiga sobreviver, mantendo em dia salários e empreos.

“Nós temos que salvar as empresas agora, no momento em que estão doentes. Porque se deixarmos elas chegarem ao estado terminal, não tem salvação. Você imagina quanto que a sociedade, quanto que o país gastou para que essa empresa existisse? Esse estrago você não recupera depois”, disse.

Em março deste ano, o faturamento da indústria teve o pior resultado para o mês dos últimos 18 anos. O setor, que iniciou o ano com a expectativa de crescimento, se viu diante de uma retração de 9,1% em relação ao faturamento de fevereiro.

“A grande necessidade das empresas hoje é a questão financeira. Elas precisam de recursos para pagar salários, pagar fornecedores. É uma cadeia”, explicou.

Na conversa com a jornalista Katiuscia Neri, Braga descreveu algumas propostas que a CNI tem apresentado ao Executivo, ao Congresso Nacional e a governos estaduais. “Nossa proposta, sempre considerando que o fator mais importante hoje é a proteção da vida das pessoas, é de planejar de maneira organizada esse retorno por cidades, por setor, que emprega mais, por exemplo, por micro e pequenas empresas”, disse.

Robson Braga, presidente da CNI, fala sobre as dificuldades do setor
Robson Braga, presidente da CNI, fala sobre as dificuldades do setor - Divulgação/TV Brasil

Outra mudança que pode forçar alterações na condução dos negócios se refere ao cenário internacional. Ainda que alguns setores do governo tenham se dedicado sobre termos de acordos comerciais internacionais, Braga aposta em um mundo mais protecionista no pós-Covid-19.

Criado em 15/05/2020 - 15:45

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí