Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Voo

Como os seres vivos alcançaram o céu

Jornada da Vida

No AR em 12/01/2011 - 03:00

Jornada da Vida

Esta semana, Steve Leonard mostra a evolução do voo. Os animais espalharam-se pela terra há 500 milhões de anos, mas foi há menos de 100 milhões que a vida finalmente ganhou os céus. Apenas quatro tipos de animais alcançaram o milagre do voo e eles representam dois terços dos seres vivos atualmente.

O voo é um dos grandes avanços da evolução. De uma série de acidentes durante esse processo surgiram quatro tipos de asas: a dos insetos, a dos pterossauros, a dos animais de penas e a dos morcegos. Os insetos abriram o caminho, mas a história deles é cercada de mistérios. Uma das teorias é que eles criaram um mecanismo de painéis solares para se aquecerem com mais eficiência, já que têm "sangue frio". Hoje em dia, mais de 10 milhões de espécies de insetos são capazes de voar.

O programa ainda utiliza tecnologias digitais para recriar a maior criatura a atingir os céus: o quetzalcoatlus, tipo de pterossauro com o tamanho de um pequeno avião (12 metros de extensão). O surgimento dos pterossauros também é desconhecido. Acredita-se que eles evoluíram de uma antiga espécie de réptil. Fósseis indicam que eles viveram como alguns pássaros vivem atualmente. Buscando pistas, os cientistas estudam alguns tipos de animais como a iguana e a lagartixa.

Após 150 milhões de anos, veio uma nova estrutura aerodinâmica: as penas. No entanto, na época em que surgiram elas não eram utilizadas para voar. Jornada da Vida traz o fóssil do pequeno dinossauro, do qual as aves herdaram suas penas, que as utilizava para manter o corpo aquecido. Graças a ele, existem hoje mais de 9 mil espécies de pássaros nos céus.

E, o programa mostra o quarto tipo de voo: o dos morcegos. Essa família é descendente de um pequeno mamífero noturno que provavelmente vivia e caçava nas árvores. A teoria é que um dia esses ancestrais começaram a plainar utilizando a pele esticada entre seus braços da mesma forma que algumas espécies de esquilo.

O voo é um dos maiores triunfos da evolução. Ele criou os mais bonitos e bem sucedidos seres vivos que já existiram ou existem. E todos descendem de quatro antecessores que, por acaso, criaram asas e conquistaram os céus.

Apresentação Steve Leonard
Direção Miles Barton
Produção executiva Neil Nightingale
Produção James Honeyborne, Tim Martin e Mark Flowers
Coprodução BBC/Discovery Channel

Horário: Quarta, às 23h




Criado em 12/01/2011 - 13:14 e atualizado em 12/01/2011 - 13:14

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí