Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Jackson do Pandeiro

Trinta anos sem o cantor e compositor de forró e samba

Musicograma

No AR em 09/07/2012 - 03:30

O cantor e compositor Jackson do PandeiroO Musicograma desta semana homenageia o saudoso Jackson do Pandeiro. Como muitos meninos nordestinos, José Gomes Filho nasceu com o sonho modesto de ser sanfoneiro. Se tivesse sorte, poderia cantar na feira, espaço que sagrava o talento popular, antes de chegar ao rádio, mas a sanfona era um instrumento caro e, respeitando os recursos financeiros da família, contentou-se com o pandeiro. Foi um presente da mãe, Flora Mourão, cantadora de coco, a quem desde cedo o menino ouvia cantar, tocar zabumba e ganzá.

Não demorou muito José Gomes Filho começou a trocar as brincadeiras pelo prazer de tocar o pandeiro. Aos 13 anos, com a morte do pai, muda-se para Campina Grande e conhece o cinema mudo, apaixona-se pelos filmes de faroeste, torna-se fã do ator Jack Perry a quem imita nas brincadeiras de “bandido e mocinho”. Logo veio o apelido Jack do Pandeiro que vira nome artístico. Na Rádio Jornal do Commercio, do Recife, por sugestão do diretor, troca o Jack por Jackson, que era mais sonoro quando anunciado ao microfone.

Conquista o público local. Compõe, canta, e logo é reconhecido como “maior cantor de sambas ritmados do norte do país”. O sonho agora era o Rio de Janeiro, onde já faziam sucesso o pernambucano Gonzagão e o baiano Gordurinha. Após uma briga em que defendeu a honra da mulher Almira Castilho, Jackson desilude-se com o Nordeste e muda-se para o Rio de Janeiro.

Chega à capital da República em 1955 e no mesmo ano é contratado pela Rádio Nacional, onde alcançou grande sucesso com O Canto da Ema, Chiclete com Banana e Um a Um. Este contrato e o que se seguiu dali pra frente foi apenas o reconhecimento de um talento maduro e original. Prova disto é o interesse crescente de artistas, historiadores e críticos por Jackson do Pandeiro. Os críticos ficavam abismados com a facilidade de Jackson em cantar os mais diversos gêneros musicais: baião, coco, samba-coco, rojão, além de marchinhas de carnaval. O artista morreu em 1982, aos 63 anos de idade.





Clique aqui para saber como sintonizar a programação da TV Brasil.

Criado em 22/06/2012 - 18:27 e atualizado em 03/08/2012 - 17:22

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí