Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Borracha Para a Vitória

A história dos “soldados da borracha”, explorados durante a Segunda

DOC TV

No AR em 26/07/2014 - 05:00

O documentário Borracha Para a Vitória, dirigido pelo cineasta cearense Wolney Oliveira, resgata a história do segundo Ciclo da Borracha e da dívida do governo federal com cerca de 54 mil agricultores nordestinos, em sua maioria do Ceará.

Esses trabalhadores foram transferidos para a Amazônia a partir do acordo Brasil/Estados Unidos, trabalharam na extração de látex destinado a produção de borracha e armamentos em plena Segunda Guerra Mundial.

O filme reconstitui a história dos “soldados da borracha” através do relato de alguns nordestinos que, para sair da miséria, foram para o Acre em 1943, alistados pelo Serviço Especial de Mobilização de Trabalhadores para a Amazônia (Senta).

Criado pelo Estado Novo com a promessa de que após a Guerra eles voltariam à sua terra natal, reconhecidos como herois de guerra e com aposentadoria equiparada à de militares, o Senta atraiu milhares de trabalhadores que buscavam por uma vida melhor.

Porém, a promessa não se cumpriu e pelo menos 30 mil morreram por lá em completo abandono, depois de terem exaurido suas forças extraindo o chamado “ouro branco”.

A história é contada também através de jornais, revistas e imagens da Cinemateca Brasileira, do Arquivo Nacional, dos acervos do Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará e do Departamento Cultural do Acre, que funcionam como fio condutor. Reprise. 52 min.




Ano: 2005. Gênero: documentário. Direção: Wolney Oliveira. Coprodução: Wolney Oliveira, Bucanero, Arte, Cinema e Vídeo; TV Ceará e TV Cultura de São Paulo

Livre

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.

Criado em 03/10/2012 - 10:51 e atualizado em 17/07/2014 - 17:22

Ultimas

O que vem por aí