Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Expedição Sul 24: O jeito brasileiro de se relacionar

A facilidade do povo brasileiro em aceitar o que é diferente

Oncotô?

No AR em 11/06/2015 - 22:30

Jorge MautnerO episódio Oncotô? – Expedição Sul desta semana, conversa com o economista Carlos Lessa. O profissional comenta sobre o termo "nascido e criado lá", utilizado no Brasil. A abordagem baseia-se na falta de identificação e incorporação social do povo brasileiro.

O economista fala também sobre os dois elementos históricos que reforçam o sentimento de identidade: a festa e o tempo. E da facilidade do povo brasileiro em aceitar o que é diferente, o que vem de fora, devido o modo em que fomos criados.

Em Foz do Iguaçu, André Candia fala do rápido crescimento de Foz de Iguaçu, a partir de 1975, com a construção de Itaipú. Ainda em Foz, no Bailão da Dona Ana, Dolores Colombelle mostra o seu bairro, onde mora há 30 anos. Já Elias Ferreira revela as diferentes faixas etárias dos frequentadores da festa. Dona Ana Zanatta, a dona do baile lembra como começou a festa, inicialmente frequentada por poucas pessoas.

Oncotô? está em sua segunda temporada e aprofunda a investigação sobre os diversos caminhos da formação do Brasil, por meio do olhar do artista Jorge Mautner, tem como destino a Região Sul do país. É o próprio músico quem conduz o telespectador nessa viagem.




FILMES DO EQUADOR PRODUÇÕES CINEMATOGRÁFICAS (2240 8161) - PRODUTOR JORGE MAUTNER - APRESENTADOR DANIEL TENDLER / GUSTAVO PIZZI - DIRETOR DANIEL TENDLER / PAULA BARRETO - PRODUTOR

Criado em 05/03/2013 - 13:54 e atualizado em 05/03/2013 - 14:23

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí