Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Conheça documentário que faz painel da presença feminina no samba

No dia 17 de setembro o documentário Damas do Samba traz para as telas do cinema a história das  mulheres que ajudaram a criar o samba. O filme explora como estas mulheres transformaram ao longo dos anos esse gênero musical genuinamente brasileiro em um modo de vida.

Entre elas está Tia Ciata, uma das primeiras incentivadoras das rodas de samba e Dona Ivone Lara, cantora e compositora com mais de 90 anos, que é conhecida como A Rainha do Samba.

Compondo e interpretando clássicos do samba há cinco décadas, Beth Carvalho é outro grande destaque do documentário. A compositora fala sobre a trajetória de sua carreira e ainda faz algumas apresentações musicais.

Além de fazer um retrato das pioneiras do gênero, Damas do Samba promete apresentar a nova geração de mulheres que fazem o samba hoje no Brasil.

Entre elas, está a passista mirim Luany dos Santos, que atua como rainha de bateria da escola de samba mirim da Portela. Calçada com as suas longas botas, a passista entra em cena fantasiada para refletir sobre a importância da herança cultural do samba para a cidade do Rio de Janeiro.

Entre outros grandes nomes que aparecem no longa está Alcione, Leci Brandão, Jovelina Pérola Negra, Clara Nunes, Mariene de Castro, Rosa Magalhães, Tia Surica, Nilce Fran, Márcia Lage, Lucinha Nobre, Wilma Nascimento, Dona Zica.

Além de falar sobre a trajetória do samba no Brasil, as damas interpretam “à capela” seus sambas preferidos.




Ultimas

O que vem por aí