Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

10 Anos de Rio Harp Festival

Programa faz uma homenagem à harpista turca Fatma Ceren Necipoglu

A Grande Música

No AR em 25/08/2013 - 07:30

Fatma Ceren

O programa desta semana presta homenagem ao Rio Harp Festival, um dos maiores festivais de harpa do mundo. A Grande Música sempre procurou difundir o projeto – que abrange as diversas percepções do instrumento – e, durante  dez anos, exibe diferentes gêneros, estilos e repertórios para a harpa.

A harpista turca Fatma Ceren Necipoglu veio ao Brasil participar do Rio Harp de 2009, e aqui realizou as últimas apresentações de sua vida, uma delas integralmente gravada por A Grande Música. Após participar do festival, Fatma voltava à Europa no Airbus da Air France que caiu no Oceano Atlântico. Nessa seleção, uma peça do compositor turco Usarçu: Mavi Ay Gri, Sari Gece Duvar.

Na segunda parte, a harpa é executada em duo com outro instrumento. A harpista argentina Mara Diniello apresentou-se no Museu da República, com a violinista, também argentina, Maria Sol Nardossa. De Lassala, elas tocam Poema del Pastor Coya. A italiana Gilda Dettori toca Les Champs-Elysées, de Gluck, junto à flautista Jana Bitti  A peça é parte de Orfeu e Eurídice.

 

A Grande Musica - Athy

Destaque para a harpa em formações não-convencionais. O jovem argentino Athy toca harpa celta eletrificada, acompanhado pelo baterista Javier Rondo, num resultado quase jazzístico. De autoria do próprio Athy, Um Domingo en Maypú y Corrientes é um tributo a uma famosa esquina de Buenos Aires. Também muito interessante é o trabalho da harpista dinamarquesa Tine Rehling, que toca acompanhada de guitarra elétrica e percussão indiana. O guitarrista Mikkel Nordsoe enriquece a apresentação com efeitos sonoros eletrônicos gerados por um laptop no palco! Eles tocam Bamako, do próprio Nordsoe, e Astúrias, de Isaac Albéniz.

Para finalizar, alguns dos maiores solistas da harpa, Elizabeth Remy, toca The Hanging Cloud Bridge, obra do contemporâneo Lynch, baseada em gravuras japonesas. A inglesa Claire Jones, famosa por tocar no mais recente casamento real britânico, interpreta Watching the Weat, de J. Thomas. E, ainda, o inglês Andrew-Lawrence King, especialista na harpa tripla barroca, apresenta uma seleção de obras do compositor J. Dowland. Muitos consideram King o melhor harpista da atualidade.

 

 




Direção geral, apresentação e roteiro: José Schiller

Direção e edição: Gustavo Borjalo

Produção-executiva: Cristina Maluhy

 

 

Criado em 18/08/2011 - 20:10 e atualizado em 23/08/2013 - 20:55

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí