Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Duos 2

Programa prossegue com a série sobre os duos na música de concerto

A Grande Música

No AR em 20/01/2013 - 06:30

Bridget de Moura CastroA Grande Música dá continuidade à série sobre os duos na música de concerto. Essa edição traz flauta e órgão. Consiste em mais um duo com recursos que se ampliam pela natureza dos instrumentos em questão. A variedade de timbres e teclados do órgão cria ambientes sonoros diversificados, emula instrumentos de orquestra. Enfim, são possibilidades expressivas que estão presentes no repertório de hoje, em combinação com a flauta.

Bridget de Moura Castro e Beatriz de Magalhães Castro formam o duo que A Grande Música gravou na Igreja de Santa Cruz dos Militares. A combinação dos instrumentos nos traz o ambiente sonoro típico das igrejas, onde normalmente são instalados os grandes órgãos. O repertório é de compositores que dominam a escrita que envolve a complexidade de teclados, pedaleira, registros. Ou são transcrições que somente um organista, como é o caso de Bridget de Moura Castro, é qualificado a fazer:

J. S. Bach - Fuga de St. Anne
J. S. Bach - Num Komm der Heiden Heiland
J. S. Bach - Polonaise e Badinerie, BWV 1067; Bridget Moura Castro, órgão; Beatriz Magalhães Castro, flauta


Frequentemente os organistas assumem a o cargo de mestre capela, um dos mais honoríficos da história da música. Mais do que instrumentistas com a função de tocar no culto religioso, costumam ser compositores. São responsáveis pela maioria do repertório produzido para órgão:

Beatriz de Magalhães CastroC. Chaminade - Concertino para Flauta e Órgão
G. Böhm - Confort Ye
N. Le Begue - Venez Divin Messie Noel pour l’amour de Marie
E. du Caurroy - Fantasie sur “Je crois Vierge Marie”
R. Purvis - Fantasia sobre Greensleeves; Bridget Moura Castro, órgão; Beatriz Magalhães Castro, flauta


Grandes órgãos são integrados à arquitetura dos prédios. Parte significativa de seus tubos ficam embutidos em caixas nas paredes. Os maiores, chamados tubos de fachada, estão dispostos igualmente como parte arquitetônica da construção. Se por um lado, a espiritualidade sempre foi elemento constitutivo da criação artística para um grande número de compositores, a função marcada do órgão nas igrejas se torna um fator de expressão desta espiritualidade mesmo na obra de compositores não ligados diretamente à igreja:

J. Brahms - Es ist ein Ros’estprungen
A. Carlos Gomes - Ave Maria
A. Carrera - Ave Maria
C-M. Widor - Toccata da 5ª Sinfonia; Bridget Moura




Direção-geral, roteiro e apresentação: José Schiller
Direção e edição: Gustavo Borjalo
Produção-executiva: Cristina Maluhy

Criado em 05/10/2012 - 19:36 e atualizado em 05/10/2012 - 19:37

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí