Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Fake News

Com a web, indústria de notícias falsas amplia poder de influência

Mídia em Foco

No AR em 22/10/2018 - 21:45

Disseminar informações enganosas sob o disfarce de algo verdadeiro. O termo "fake news" (notícia falsa, em inglês) se popularizou em 2017 a partir da disputa presidencial norte-americana entre Donald Trump e Hillary Clinton. Mas, de acordo com o dicionário Merriam-Webster, a expressão já aparece em jornais desde 1890. E notícias falsas existem muito antes disso.

Dicas para não cair em 'fakes news'

Na antiguidade, o imperador romano Júlio César espalhava notícias falsas demonizando povos estrangeiros. No século sexto, o historiador Procópio escreveu informações inverídicas difamando o imperador bizantino Justiniano. Em 1522, o poeta italiano Pietro Aretino tentou manipular a eleição do papa escrevendo sonetos perversos sobre os candidatos. O uso político das "fake news" vem de longe e cresce ainda mais após a popularização da imprensa. 

Como combater as 'fake news'

O advento da internet ampliou seu alcance: primeiro através de blogs e sites; depois por meio das mídias sociais. A indústria das "fake news" nunca foi tão lucrativa e seu poder de influenciar a política é cada vez maior.

Episódio exibido originalmente em 2 de abril de 2018.

Leonardo Sakamoto, jornalista e cientista político, no Mídia em Foco
Leonardo Sakamoto, jornalista e cientista político, no Mídia em Foco - Divulgação

Participam deste episódio:

Cristina Tardáguila, diretora da Agência Lupa.

Leonardo Sakamoto, jornalista e cientista político.

Pablo Ortellado, professor de Políticas Públicas da USP. 

Tags:  Fake News

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.

Criado em 26/03/2018 - 15:45

Ultimas

O que vem por aí