Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Mídia Pública

Panorama da comunicação pública no mundo e seus desafios no Brasil

Mídia em Foco

No AR em 12/11/2018 - 22:45

Informar, educar e entreter: esse é o lema da BBC. Fundada como uma emissora privada em 1922 com o nome de British Broadcasting Company, após enfrentar problemas de financiamento tornou-se, em 1927, a primeira empresa pública de radiodifusão do mundo e mudou o nome para British Broadcasting Corporation. Em 1934 foi inaugurada a primeira emissora pública de televisão: a alemã Fernsehsender Paul Nipkow.

Confira o conteúdo extra desta edição

A primeira emissora pública do Brasil foi a Rádio MEC, criada em 1923 por Edgard Roquete Pinto e Henrique Morize como Rádio Sociedade do Rio de Janeiro. Foi doada ao Ministério da Educação em 1936, tornando-se pública. A emissora, hoje gerida pela Empresa Brasil de Comunicação, mantém fins educativos, culturais e informativos. Já a primeira televisão pública do Brasil foi a TV Universitária de Pernambuco, inaugurada em 1968.

Nas últimas décadas a mídia pública nacional passou por uma série de mudanças, incluindo a criação da EBC, Empresa Brasil de Comunicação, que construiu um novo modelo público de radiodifusão, gerindo emissoras de televisão, de rádio e agências de notícias. Ao mesmo tempo, a popularização da internet e a chegada da TV digital trouxeram outros desafios para o setor.

Octavio Penna Pieranti é autor do livro “A radiodifusão pública resiste: a busca por independência no Brasil e no leste europeu”
Octavio Penna Pieranti é autor do livro “A radiodifusão pública resiste: a busca por independência no Brasil e no leste europeu” - Divulgação/TV Brasil

Participam deste episódio:

Márcia Detoni, jornalista e professora da Universidade Mackenzie.

Mariângela Haswani, professora da Escola de Comunicações e Artes da USP. 

Octavio Penna Pieranti, jornalista e pesquisador.
 

Ultimas

O que vem por aí