Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Ciclo de chá do Gurué

Documentário analisa o declínio que ocorre sistematicamente no maior

Nossa Língua

No AR em 16/04/2017 - 02:30


Por décadas, a cultura do chá estruturou as relações de poder e a organização socioeconômica na alta Zambézia, Moçambique. O distrito de Gurué ainda conserva o maior chazeiro do país.

O documentário busca as explicações para a tese de que o “ciclo do chá” está próximo ao fim e aponta os fatores que concorrem para o declínio da produção no país. Cerca de sete mil pessoas dependem diretamente da produção do chá para sua sobrevivência. O filme investiga diferentes pontos de vista, diversas iniciativas de solução, e o que os novos investidores estão empreendendo para rentabilizar os campos, seja renovando antigas áreas ou iniciando outras culturas de rendimento, como a macadâmia.

Das cerca de 11 unidades de produção em funcionamento quando da independência de Moçambique, em 1975, restam apenas três. Devido ao envelhecimento das plantas, com mais de 70 anos de exploração, a produção caiu e as fábricas remanescentes funcionam em regime sazonal.

O chá não é apenas um produto de consumo, está profundamente enraizado na cultura de várias gerações, e tudo que afete sua produção afeta toda a região.

País: Moçambique
Duração: 56 min
Ano 2014
Direção: José Nguila.
Produção: TVM – Televisão de Moçambique.

 




Criado em 30/11/2016 - 14:56 e atualizado em 11/04/2017 - 12:24

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí