Menu programa

Memória do Brasil

Próximo episódio

  • O Rio de Janeiro sob as lentes de Jean Manzon

    A história recente do país em destaque nos documentários ”O Bonde, esse eterno sofredor” e “A mais linda cidade do mundo”

    O cineasta, fotógrafo e documentarista Jean ManzonO Memória do Brasil, que tem apresentação do jornalista e escritor Ruy Castro, destaca dois novos documentários focalizando a história do Brasil documentada pelo cineasta, fotógrafo e documentarista Jean Manzon. O acervo dele é reconhecidamente um conjunto de filmes e fotos que retrata, de forma única, a história filmada do Brasil.

    No  primeiro bloco, vai ao ar o documentário “O Bonde, esse eterno sofredor”, produzido em 1957. Além de mostrar o bonde, o documentário de Jean Manzon tem também a qualidade de apresentar, com imagens nítidas e muito bem preservadas, um retrato da vida carioca na década de 1950. As roupas, os costumes, uma feira-livre, o tipo de sacola que se carregava para fazer compras, o uniforme dos meninos e meninas saindo da escola, a farda quase militar do condutor e do trocador.

    O documentário “A mais linda cidade do mundo” , produzido em 1957, está no segundo bloco do programa. Naquele tempo, não se falava em ecologia. O que importava era o homem e seu domínio sobre a natureza. Com locução de César Ladeira, o filme narra a viagem  de um cinegrafista estrangeiro chegando ao Rio de Janeiro. E começa com aquela clássica tomada de quem vem de avião, com a baía de Guanabara e o Pão de Açúcar formando a mais bonita paisagem urbana do mundo. A cena é conhecida: um avião da Panair sobrevoando a cidade.


     

    Produção e direção: Carlos Alberto Vizeu
     

Episódios anteriores

Páginas