Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Os sambas de Lupicínio Rodrigues e as óperas de Gioachino Rossini

Programa resgata clássicos do sambista gaúcho e grandes composições do

Sinfonia Fina

No AR em 11/04/2013 - 02:00

Sinfonia Fina lembra as obras de Lupicínio Rodrigues e Gioachino RossiniO Sinfonia Fina desta semana destaca obras do consagrado sambista gaúcho Lupicínio Rodrigues e do compositor italiano de música erudita Gioachino Rossini. Este episódio da série traça um panorama da trajetória artística dos homenageados a partir de clássicos do samba como “Felicidade” e “Se acaso você chegasse” e de óperas marcantes do compositor erudito como "O Barbeiro de Sevilha" e "Guilherme Tell".

O compositor Lupicínio Rodrigues foi um dos autores mais originais da MPB e transformou o banal em obra de arte. Aos 24 anos, em 1938, o jovem artista se consagrou com "Se acaso você chegasse" que revelou também a voz de Ciro Monteiro.

Lupicínio Rodrigues jamais deixou sua Porto Alegre. Viveu apenas poucos meses no Rio de Janeiro em 1939 quando trabalho com Francisco Alves. O Rei da Voz tornou-se um dos seus maiores intérpretes ao gravar sucessos como "Nervos de aço", "Esses moços" e "Cadeira vazia", que o Sinfonia Fica recorda nesta edição.

No começo dos anos 1950, Lupicínio Rodrigues obteve uma importante intérprete: a paulista Linda Batista. Nesta década, ela alcançou projeção nacional com o samba-canção "Vingança", um dos maiores sucesso do compositor. Em 1952, o sambista gravou "Roteiro de um boêmio", seu primeiro disco como cantor.

Torcedor do Grêmio, Lupicínio compôs o hino oficial do tricolor em 1959. O artista está na Galeria dos Gremistas Imortais no salão nobre do clube. Ainda neste mesmo ano, a música "Ela disse-me assim" marcou o início da série de gravações bem suOrquestra Sinfônica de São José dos Campos interpreta trechos das óperas do compositor italianocedidas que o bamba Jamelão fez da obra de Lupicínio Rodrigues.

Muito popular no início do século XIX, o compositor erudito italiano Gioachino Rossini escreveu 39 óperas, além de vários trabalhos para música sacra e música de câmara. O músico era célebre pela velocidade com que compunha suas obras. Em poucos dias, o artista criava composições que se tornaram clássicos da músicas erudita, como "O Barbeiro de Sevilha" composta em apenas três semanas. Além desta ópera, o Sinfonia Fina resgata outras produções importantes e conhecidas da obra de Rossini como "Guilherme Tell" e "La Gazza Ladra". As composições do músico erudito foram interpretadas pela Orquestra Sinfônica de São José dos Campos.

Quando tinha 18 anos, Rossini compôs a primeira ópera. Um dos grandes sucessos de público do autor italiano  veio aos 21 anos, com a montagem, em Veneza, do espetáculo “Tancredo”, uma de suas óperas consideradas "sérias" já que o italiano era um mestre das composições cômicas. Ao lado da obra-prima “O Barbeiro de Sevilha”, composições como “Cenerentola” e “La Gazza Ladra” também destacam a inspiração e o domínio de Rossini no gênero. Por outro lado, estas óperas acabaram ofuscando o repertório mais sóbrio de sua contribuição artística para a música.

Diferentemente de uma parcela significativa dos compositores românticos, Rossini obteve êxito financeiro e conseguiu ganhar dinheiro com suas composições de música erudita. O autor escrevia óperas sob encomenda e trabalhou para grandes companhias europeias da época. Nesse período, Gioachino Rossini  chegou a compor até vinte obras líricas. Era comum dizer que havia uma "febre rossiniana" no continente.




Criado em 04/02/2014 - 12:36 e atualizado em 04/02/2014 - 17:33

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí