Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

João volta para Lisboa

Maltez encontra Massara e Saturnino juntos

Massara e Saturnino se encontram no riacho

O navio Zaire acaba de aportar na ilha de S. Tomé. As pessoas correm para receber as novidades de Lisboa e do mundo em primeira mão.


João oferece um presente a Doroteia e pede que ela o acompanhe até Lisboa. Emocionado, ele se despede dos empregados do palácio. Luís Bernardo está triste com a partida do amigo. Germano Valente, Jerônimo e Juiz Anselmo comentam que, sem João por perto, Luís Bernardo não vai ter ninguém em quem se apoiar.


Antônio vai buscar os medicamentos no porto e comenta com Eduarda que viu Zé Maria por lá. Eduarda diz ao pai que vai buscar revistas. Leonor cruza com a amiga e tenta impedi-la de ir.


Adélia procura Antônio e pede um remédio novo para os seus calores. Antônio sugere que o problema pode estar no Juiz Anselmo, e não em Adélia. Ele diz conhecer uma planta que dá potência sexual ao homem.


David e Ann vão ao porto despedir-se de João. Luís Bernardo despede-se, amargurado, do amigo e fica vendo ele se afastar no bote que o leva para o navio. Ann fala que estará sempre a seu lado.


Joanino pede a Masara que vá encontrar com Saturnino no riacho, pois ele já sabe de tudo o que coronel fez à empregada.


Zé Maria convida Eduarda e Leonor para ir à cervejaria. Eduarda hesita, no inicio, mas acaba aceitando. Durante a conversa, ela pergunta a Zé Maria se tem alguma namorada na metrópole e fica confusa quando ele lhe diz que não. Leonor insinua que Eduarda ainda sofre por Jaime e comenta que nunca teve ninguém para amar.


Albano diz, maldosamente, a Maria Augusta que Ann foi visitar Luís Bernardo sozinha no palácio e que o governador não quer ficar com ela.


Francisca diz a Maltez que viu Joanino sair da casa e que as criadas dizem não ter visto ninguém. Maltez questiona Edite que, amedrontada, lhe diz que Masara foi ao riacho lavar roupa.


Leonor repara que Zé Maria e Eduarda estão impressionados com o que o outro diz e tenta intrometer-se na conversa referindo, uma vez mais, a dor de Eduarda, causada pela perda de Jaime. Germano vê Leonor e a manda para casa ajudar a mãe. Zé Maria acompanha Eduarda até à farmácia, o que a deixa muito feliz.


Maltez chega ao riacho, onde Masara e Saturnino se beijam e planejam fugir. Ajudado por dois capangas, Maltez prende Saturnino.


Joanino e Saturnino são condenados a 30 chicotadas sob a acusação de tentativa de violação de Masara. Zé Maria tenta impedir, mas Maltez vira as costas. Masara observa chorosa e impotente a tortura dos dois homens. Após serem soltos, Saturnino e Joanino são vistos por um médico que diz que ambos vão recuperar, apesar de estarem muito fracos.


Luís Bernardo acorda determinado e dedica-se aos seus afazeres de governador. Após o dia de trabalho vai até à praia onde se despe para tomar banho. Ann surge e perante a surpresa de Luís Bernardo, despe-se, também, e vai para a água com ele.





Criado em 01/11/2011 - 04:00 e atualizado em 01/11/2011 - 04:00

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí