Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Os trabalhadores da fazenda Infante Dom Henrique se revoltam

Maltez incendeia a cabana de Saturnino e Massara

Luís Bernardo visita a ilha de Príncipe

Na ilha do Príncipe, a fazenda Infante Dom Henrique está deserta, sem trabalhadores. O capataz diz ao encarregado que pode estar deserta porque mandaram chicotear dois dos trabalhadores. Os trabalhadores negros atacam o capataz e o encarregado e os matam a facadas.


Em S. Tomé, Luís Bernardo comunica a Agostinho que o príncipe herdeiro ficará instalado na fazenda Infante Dom Henrique. Desconfiado da segurança na ilha, o governador decide visitar a ilha do Príncipe.


Luís Bernardo prossegue com os preparativos para a recepção do príncipe Luís Filipe.


A confusão se instala na roça Infante D. Henrique.


Ann escreve uma carta e entrega-a ao jardineiro. David observa-a, intrigado, da janela do escritório.


Thomas mostra a Aristides sua descoberta


Thomas fecha a cervejaria para mostrar a Aristides a sua descoberta. Leva-o até a alçapão que esconde o laboratório e revela ter encontrado a receita para a eterna juventude.


Francisca se assegura de que o casal Massara e Saturnino está confortável na sua cabana. Saturnino pede a Massara, no entanto, para ficar alerta, pois não confia no coronel.


Maltez observa o casal se despedir, feliz, e, raivoso, diz a Alípio que quer eliminá-los.


Luís Bernardo recebe a carta de Ann e vai até à praia onde a inglesa o aguarda. Ambos trocam juras de amor e Ann confessa que sente ciúmes por Doroteia estar tão próxima de Luís Bernardo.


Entretanto, no palácio, Doroteia pergunta a Sebastião se a carta que o governador recebeu era de Ann e comenta que, se David descobrir, pode, muito bem, matá-los. Sebastião fala para ela não se meter na vida do governador.


Agostinho diz a Germano Valente que o governador pode se encontrar com Ann às escondidas.

Luís Bernardo recebe um telegrama da fazenda Infante Dom Henrique anunciando a revolta dos trabalhadores. Agostinho fica desconfiado com a súbita partida do governador e tenta saber com os empregados quais foram os motivos de Luís Bernardo.


Adélia conta a Maria Luísa que vai misturar as ervas que o curandeiro lhe deu com o tabaco do cachimbo de Anselmo para ele fumar. O juiz está com a garganta arranhada e mal consegue falar. Vai à farmácia pedir um remédio. Zé Maria também está lá e entrega um bilhete a Eduarda, que fica feliz ao ler o seu conteúdo.


Eduarda e Zé Maria se encontram à beira-mar para um passeio e se beijam.


Anselmo revela a Adélia que não vai fumar o cachimbo, pois está mal da garganta. Ela fica frustrada.

Vingativo, o coronel Maltez incendeia a cabana de Massara e Saturnino.


Luís Bernarno desembarca na ilha do Príncipe junto com o Major Benjamim das Neves e alguns soldados.


Joanino vê a cabana de Massara e Saturnino destruída e se desespera, desconhecendo o destino dos dois trabalhadores.





Criado em 08/11/2011 - 05:00 e atualizado em 08/11/2011 - 05:00

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí