Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Maltez ameaça Masara

Luís Bernardo passa a noite com Maria Augusta

Equador

No AR em 12/10/2012 - 02:30

Equador - Luís Bernardo

Doroteia faz a cama do governador e cheira a almofada. Tobias pega ela no flagra e diz que Luís Bernardo está com Maria Augusta e que vai dormir lá em sua casa. Sebastião entra e pergunta a Doroteia se já preparou o quarto, pois o governador vai dormir no Palácio. Doroteia olha para Tobias com um ar vitorioso.


Eduarda está indecisa e pergunta a Leonor se irá encontrar com Zé Maria quando ele chegar a São Tomé. Leonor responde que só ela pode decidir.


Adélia diz a Francisca que deve insistir com Maltez para vestir os negros da fazenda dele. Francisca diz que não sabe se isso será bom.


Thomas avisa Aristides que vai sair. Aristides abre a caixa de Thomas e vê que está vazia.


Luís Bernardo olha para a biblioteca de Maria Augusta e fica espantado por ser uma amante de literatura. Maria Augusta diz que as mulheres de São Tomé a odeiam, pois acham que ela matou o marido.


Tobias vai à cervejaria e pergunta a Aristides se ele conhece a Fazenda Novo Brasil. Aristides fica intrigado e diz a Tobias para tomar conta da cervejaria, pois tem que resolver um assunto. Tobias fica aflito.


Na sala de audiências do tribunal, um negro está no banco dos réus. Germano Valente pede ao Juiz Anselmo que o absolva, prolongando o contrato por mais três anos.


Maria Augusta diz a Luís Bernardo que Albano a protege desde pequena, pois era o capataz do seu pai. É como se ele fosse um irmão mais velho.


Aristides vai à Fazenda Novo Brasil e fica intrigado ao ver Thomas, que martela uma parede e, ao seu lado, está o diário aberto.


Maltez discorda da ideia de "vestir São Tomé". Francisca avisa que vai sair com Edite. Maltez agarra Masara, que tenta escapar. Mas ele alcança-a e tenta violentá-la. Masara pega numa estatueta e bate na cabeça dele, conseguindo fugir.


Thomas prepara-se para sair da fazenda e Aristides fica em pânico. O escravo sai a cavalo, todo desengonçado e cai, ficando inconsciente.


Luís Bernardo fica contente com a preocupação que Maria Augusta tem com os trabalhadores. Entretanto, Luís Bernardo fala para Maria Augusta que vai embora, mas ela insiste para que o governador jante e durma na Nova Esperança.


Atrapalhado, Tobias deixa cair as bebidas da bandeja. Thomas entra na cervejaria e pergunta, irritado, o que ele está fazendo ali.


Francisca desinfeta a testa de Maltez. O Coronel explica que escorregou e bateu com a cabeça na mesa.


Luís Bernardo pergunta a Albano como e quando morreu o marido de Maria Augusta. Ele conta que foi de febre, há cinco anos.


Maltez vai à senzala e vê Masara beijando Saturnino.


Antônio e Thomas perguntam a Tobias onde está Aristides. Cheio de medo, o escravo diz que Aristides pegou o cavalo e foi à Roça Novo Brasil.


Thomas, Antônio e Tobias vão à procura de Aristides. Ao vê-lo, Thomas corre para ele, quase emocionado.


Ao jantar, Edite pergunta a Francisca se ainda precisa de Masara. Francisca envia Masara para a senzala. Maltez levanta-se e diz que precisa ir tratar de umas coisas com Alípio, mas vai ao encontro de Masara. Maltez agarra a escrava e diz que não lhe vai fazer mal, pois quem vai sofrer é a pessoa de quem ela mais gosta.


Tobias volta ao Palácio e pergunta se o governador sentiu sua falta. Ao saber que Luís não está, Tobias diz a Doroteia que ele deve estar aos beijos com Maria Augusta, deixando-a lavada em lágrimas.


Luís Bernardo vai ao quarto de Maria Augusta. Do lado de fora da casa, Albano observa.






Criado em 21/10/2011 - 04:00 e atualizado em 11/10/2012 - 13:52

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí