Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Edição comemorativa de 17 anos do Programa Especial

Programa faz aniversário e traz atleta cadeirante de 17 anos

Programa Especial

No AR em 27/03/2021 - 09:30

O segundo episódio da nova temporada comemora o aniversário de 17 anos do Programa Especial. E em homenagem aos 17 anos do programa, a edição traz uma entrevista com Lucas Dutra, de 17 anos, que é cadeirante e atleta de power soccer e bocha. O atleta fala sobre sua infância e adolescência, como começou no esporte, os títulos que conquistou e a importância da inclusão das pessoas com deficiência na sociedade.

Lucas Dutra com seus pais
Área externa arborizada. Lucas, sorridente, de frente para os pais, Mônica e Bruno.

Lucas Dutra nasceu com uma deficiência motora severa, o que não o impediu de amar os esportes. Pelo contrário. Apaixonado por várias modalidades, o garoto começou no power soccer aos sete ano. O Power Soccer é o futebol em cadeira motorizada, disputado em uma quadra de basquete. Lucas explica sobre a prática, os campeonatos que conquistou, como a Champions Cup, primeiro título internacional dele. O torneio é disputado por todos os campeões nacionais de cada país da América, e o Brasil era considerado o azarão, pois vinha de vários anos com resultados ruins. Aos 15 anos, Lucas começou a praticar bocha. O atleta destaca que quer disputar uma Paralimpíada, e incentiva outras pessoas a praticarem esportes.

Lucas Dutra jogando power soccer
Quadra. Lucas, de máscara de proteção, em uma cadeira adaptada. Ao lado, uma bola.

Mônica Dutra, mãe de Lucas, diz que só descobriram a deficiência do filho após o nascimento. Ela conta como foi a reação e o que fizeram para incentivá-lo nos diferentes aspectos da vida, focando desde o começo no que poderiam fazer para agregar coisas boas na vida dele.

Em conversa com Fernanda Honorato para a série sobre Atividades Artísticas, a atriz, cantora e escritora Sara Bentes, que tem deficiência visual, lembra as várias experiências na carreira. Ela conta suas conquistas como quando venceu um concurso nos Estados Unidos, e sobre suas performances em festivais na Itália, Turquia, Inglaterra, Tailândia, Suécia e Argentina. Além disso, ela detalha a experiência do Teatro Cego, que é uma peça feita totalmente no escuro, para que o público possa sentir a experiência da ausência de visão.

Fernanda Honorato e Sara Bentes
Sala com computadores. Sentadas a uma mesa, Sara e Fernanda, uma de frente para a outra.

 

Clique aqui para saber como sintonizar a programação da TV Brasil.

Criado em 23/03/2021 - 16:00

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí