Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Diversão e acessibilidade em áreas de lazer

Ao ar livre ou em espaços fechados, não faltam opções para quem quer

Programa Especial

No AR em 22/06/2013 - 13:30

Fernanda Honorato visita o MAR, um museu pensado para ser acessívelO Programa Especial desta semana é dedicado à diversão. Para mostrar variadas opções de lazer, o programa exibe reportagens produzidas em duas capitais: em São Paulo, o repórter Zé Luiz Pacheco vai conhecer de perto as atividades culturais promovidas pelo Grupo Terra. Lá, a equipe também participa de uma festa para pessoas com deficiência auditiva; no Rio de Janeiro, Fernanda Honorato vai levar o telespectador para um passeio pelo Museu de Arte do Rio.

Criado com o intuito de incluir pessoas com deficiência visual, o Grupo Terra promove ações esportivas, atividades culturais e diversos tipos de encontros para seus integrantes. Zé Luiz Pacheco acompanhou uma caminhada de integrantes do grupo pelo Parque da Juventude e conversou com o idealizador dessa iniciativa, Ricardo Panelli.

“Nós trabalhamos dois lados nessa iniciativa: o do voluntário, no qual o participante conhece e desconstrói paradigmas relacionados à deficiência e, de outro, o posicionamento do deficiente na sociedade como um cidadão atuante”, conta.

Quem gosta de sair à noite, as boates são uma ótima pedida. Em São Paulo, a equipe foi conferir uma balada para pessoas com deficiência auditiva, a festa Sensity. Realizada no Museu de Arte Moderna, o evento contou com a presença de personalidades estrangeiras como o rapper finlandês surdo Signmark.

“Música não é só escutar, você tem que sentir a música, você pode ver a música. Música é tudo”, disse.

O programa também mostra a visita da repórter Fernanda Honorato ao mais novo museu do Rio de Janeiro, o MAR, localizado na Zona Portuária da cidade. Lá, ela conversa com a gerente de Educação do espaço, Janaína Melo, sobre os serviços e os recursos de acessibilidade do local:

“O MAR foi construído para ser 100% acessível. Então, todos os espaços visitáveis do museu, como a escola e o pavilhão de exposições, são acessíveis para cadeirantes e para deficientes visuais”.




Criado em 11/06/2013 - 12:31 e atualizado em 26/06/2013 - 18:11

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí