Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

O Estranho Caso do Cachorro Morto

O Programa Especial desta semana apresenta um trabalho que, além de

Programa Especial

No AR em 06/07/2014 - 09:30

O espetáculo O Estranho Caso do Cachorro Morto aborda o autismo de forma singela e bem humorada. A equipe de reportagem conversa com o diretor Moacyr Góes, com atores do elenco, com o psiquiatra Caio Abujadi e com o consultor Wilson Marx, que tem a síndrome de Asperger.

O diretor Mocayr Góes com o livro em que a peça se inspira.“Acredito que as pessoas são diferentes, acredito que é preciso construir um espaço de convivência compreendendo essa diversidade. Essa história, depois de quase 25 anos de carreira, me proporcionou isso, a coisa mais importante que se pode ter: a afirmação de que as pessoas merecem respeito, acesso e direito à singularidade”, relata o diretor Moacyr Góes.

Como forma de expandir os limites do palco, a produção organizou palestras sobre o autismo depois de cada apresentação. Um dos convidados foi o psiquiatra Caio Abujadi: “é importante que as pessoas vejam o autista como ele é e não tentem transformar ele em uma pessoa típica. Se a gente conseguir dar a eles o mundo que precisam, eles vão se desenvolver super bem”, avalia.

Wilson Wilson Marx.Wilson Marx, que tem Asperger, ajudou Rafael Canedo no desafio de interpretar o personagem Christopher, protagonista da peça. “Meu objetivo, quando eu dou esse tipo de ajuda, é justamente fazer com que o autismo, a síndrome de Asperger e outras deficiências não sejam satirizadas no palco ou na televisão ou em qualquer veículo da mídia, de qualquer canal. Mas é uma questão que precisa ser divulgada”, explica Wilson.

 

Apresentação: Juliana Oliveira
Direção: Angela Reiniger
Reportagem: Fernanda Honorato e Zé Luis Pacheco
Produção: Ricardo Petracca

 

Confira abaixo no vídeo 1 uma entrevista de Angela Reiniger com o Wilson Marx sobre a definição do amor e no vídeo 2 o pograma exibido sobre o assunto





Criado em 30/06/2014 - 18:32 e atualizado em 05/07/2014 - 11:30

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí