Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

A TV do Burundi

Como é a televisão do país mais pobre do continente africano?

A TV que se faz no Mundo 2

No AR em 30/08/2013 - 02:00

A viagem da série A TV que se faz no mundo desta semana é pelo Burundi, oficialmente Repúiblica do Burundi, um pequeno e mais pobre país da África, encravado entre o Ruanda, Tanzânia e República Democrática do Congo.

É no Burundi que se encontra a nascente do Rio Nilo. E lá, ao zapear pelos canais de televisão da capital, Bujumbura, já é possível assistir a programas produzidos em canais privados. Antes de 2009, inevitavelmente, só se assistia ao canal público nacional, que reinou sozinho na paisagem audiovisual durante mais de 20 anos.

Hoje, o canal privado Télé Renaissance transmite para quase metade do território, com o objetivo de atenuar as tensões que persistem entre os Hutus, maioria da população, e Tutsis, minoria que exercia um poder monárquico. Graças a muitos donativos e também à publicidade, ainda que tímida, o canal transmite 12 horas por dia programação de atualidades nacionais e internacionais, filmes e revistas de variedades.

Outra atração da televisão local, na capital e também nas regiões mais longínquas, é o "Family TV", um canal religioso baseado no Quênia, que pretende levar a boa palavra até as vilas mais escondidas do Burundi. Isso é possível graças a 5000 antenas parabólicas, instaldas pelo próprio canal queniano.


Título Original: Toutes les teles du monde
Título no Brasil: A televisão que se faz no mundo - Burundi
País de Origem: France
Ano: 2009
Duração: 26 min.
Diretor: Frédéric Balland
Diretor Geral: Vladimir Donn
Gênero: Documentário
Categoria: Documentário
Formato: Série
Classificação indicativa: 12 anos

Criado em 16/08/2013 - 18:45 e atualizado em 20/08/2013 - 16:55

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí