Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Marketing pessoal

O taxista precisa cuidar da postura e da imagem

Taxista Empreendedor

No AR em 13/10/2014 - 10:30

O cliente de hoje está muito mais exigente em termos de atendimento. Ele não quer apenas o básico. E os taxistas já entendem que isso é bom para o futuro da categoria e para a sustentação do trabalho no táxi. O caminho mais eficiente para se conquistar a satisfação e a fidelidade dos passageiros é usando o marketing pessoal.

Atualmente há uma série de serviços que se oferece dentro do táxi para tornar o atendimento diferenciado. Os resultados aparecem para quem se destaca por suas qualidades, habilidades e competências. Isso é usar o marketing pessoal. Ele pode ajudar o taxista a desenvolver mais relacionamentos e mantê-los.

Para isso, o taxista precisa estar atento à imagem que passa ao cliente e ao mercado. Como se comporta e se veste, a postura, cuidados pessoais, comunicação e estar bem informado. No terceiro capítulo da novela, Mauro aparece mal vestido, com a barba por fazer e despenteado. Já Néia quer agradar e peca pelo excesso: pega pesado na maquiagem e na roupa chamativa e fala sem parar.

Os taxistas reais ensinam que cada profissional é – ou não – seu melhor vendedor. Um bom relacionamento pessoal com os passageiros faz com que eles se lembrem do motorista e queiram repetir a corrida. Isso é um bom marketing pessoal. É um valor que o taxista agrega e ninguém lhe tira.

 


 




Diretor: Caetano Curi

Produtora: Carolina Guidotti

Criado em 09/10/2012 - 13:25 e atualizado em 19/10/2012 - 15:44

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Ultimas

O que vem por aí